Dicas do Mês

O que é a Febre Amarela?

Doença febril aguda, de gravidade variável, causada por um vírus, que compromete vários órgãos, sendo o fígado e os rins os mais atingidos.

Como se manifesta?

Primeiro, o doente apresenta dor de cabeça, em seguida aparece febre alta, calafrios, olhos congestionados, vômitos e icterícia.
Os casos graves apresentam hemorragias, delírios e convulsões, que geralmente levam à morte.

Como se transmite?

- A Febre Amarela Silvestre ocorre nas florestas, matas e áreas rurais da região endêmica.
A transmissão se faz através da picada de mosquitos silvestres (Haemagogus e Sabethes) infectados pelo vírus, no ciclo:

macaco => mosquito => homem

 

- A Febre Amarela Urbana ocorre nas cidades.
A transmissão se faz através da picada do Aedes aegypti infectado, no ciclo:

homem infectado=> Aedes aegypti => homem

Como prevenir

Vacinando-se

A vacina contra Febre Amarela é fundamental para que você e sua família não adoeçam.

A partir dos 6 meses de idade deve-ser tomar uma dose de vacina e um reforço a cada dez anos. Apenas desta forma você estará protegido contra a doença.

A vacina contra Febre Amarela, na maioria da população não produz efeitos colaterais. Entretanto, observa-se que 2 a 5% dos vacinados podem apresentar dor local, febre, dores musculares e dor de cabeça com duração de 1 a 2 dias.

Informando-se

A vacina encontra-se disponível nas Unidades de Saúde, na área endêmica e nos serviços de portos, aeroportos e fronteiras em todos os Estados.

Ao se deslocar para os Estados do Amapá, Amazonas, Acre, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Goiás, Rondônia, Roraima e Tocantins, não se esqueça de verificar se já tomou a vacina contra Febre Amarela.

Recomenda-se tomar a vacina com um intervalo mínimo de 10 dias antes da viagem, possibilitando assim a formação de anticorpos, suficiente para a proteção contra a doença.

Esta recomendação também vale para viagens a países da América do Sul (Venezuela, Bolívia, Equador, Colômbia e Peru) e países endêmicos da África.

Eliminando

Todos os depósitos que puderem conter água parada, mesmo limpa, como garrafas, pneus, pratos de vasos de plantas, xaxim, bacias e copinhos descartáveis, deverão ser cuidadosamente eliminados, pois, qualquer um deles poderá constituir-se em criadouros focos de mosquito.

 

Mudando semanalmente a água dos vasos de plantas ou substituindo por areia.

Existe tratamento?

Não existe tratamento específico para Febre Amarela.

O tratamento é apenas sintomático.

Se você apresentar alguns destes sintomas, procure a Unidade de Saúde mais próxima.

Os casos graves devem ser tratados em Unidade de Terapia Intensiva, porque necessitam de cuidados especiais e assistência médica.

 

Importante

Só com a participação consciente de todos, será possível evitar a reurbanização da Febre Amarela.

Participe! Vacine-se!

Artigos desta Seção: